FICHA CATALOGRÁFICA


O Serviço de Geração Automática de Ficha Catalográfica foi desenvolvido pelo Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação da Universidade de São Paulo (USP) gentilmente cedido ao SiBI/UFRJ para ser adaptado às necessidades de sua comunidade acadêmica da UFRJ. Para acesso ao sistema que gera a ficha catalográfica, entre no site da Base Minerva (www.minerva.ufrj.br), clique no logo do SIBi (lado direito superior da tela) onde abrirá uma lista de opções. 

Na opção Produtos & Serviços, clicar em Ficha Catalográfica ou utilize o link ao lado < https://fichacatalográfica.sibi.ufrj.br/ que remete ao formulário. Preencha conforme exemplo abaixo:


Ficha catalográfica: é um elemento obrigatório em trabalhos acadêmicos e sua elaboração é feita com as informações fundamentais para a identificação do documento, entre elas: autor e orientador, título, total de folhas, assunto, palavras-chave, etc.

Informações e orientações de uso


Autor: responsável direto pela redação da obra. No caso de teses e dissertações, a autoria é do aluno.  A entrada desse dado no programa é feita em dois campos

Nome: digite seu primeiro nome e nomes/sobrenomes intermediários (se for o caso). 



 Sobrenome: digite seu último sobrenome.


Exemplo:  Silvio Coelho dos Santos

(Silvio Coelho dos = nome Santos = sobrenome)


Exemplos para sobrenomes compostos: (grau de parentesco, lugar, ligados por hífen, outros)

Henrique Silva Júnior (Henrique = nome Silva Júnior = sobrenome)

João Oscar do Espirito Santo (João Oscar do = nome Espirito Santo = sobrenome)

Carlos Monte Verde (Carlos = nome Monte Verde = sobrenome)


Elsa Lykke-Seest (Elsa = nome Lykke-Seest = sobrenome)


Título do trabalho: registre o nome ou expressão que distingue e individualiza o seu trabalho.

Se houver um subtítulo este deverá ser colocado após o título separado pelo sinal de dois pontos. Utilize letras maiúsculas somente para início do título ou quando tratar-se de nome próprio.


Exemplo: Ensino de física: estudo de caso nas Escolas públicas do Municipio do Rio de Janeiro.


Cutter: procure pelo seu sobrenome ou a forma mais próxima ao sobrenome completo e complete o campo com o número indicado.


OBSERVAÇÃO: A Tabela de Cutter é uma tabela de códigos que indicam a autoria de uma obra literária elaborada por Charles Ammi Cutter em 1880 e é utilizada para classificar livros em bibliotecas. Acesse aqui a Tabela de Cutter.


Exemplo: sobrenome Alves, corresponde a A474 no código Cutter. Insira SOMENTE o número (474) no campo.

*Não colocar no espaço Código Cutter a letra referente à primeira letra do sobrenome do autor , bem como a primeira letra do título, senão o sistema que gera a ficha catalográfica duplicará esta letra ao gerar a ficha.

Exemplo: Oliveira, Enilson Silva d’. Novos horizontes de geração de emprego e renda e inclusão de jovens em situação de risco social: o caso da Vila Olímpica da Mangueira.

Localização: T 307.3364
                      O48n

Pós-Graduação: Caso seu trabalho seja uma tese ou dissertação, preencha os campos Trabalho e Programa.
  • Trabalho: tipo de trabalho produzido e grau obtido. Selecione tese quando for concluído o doutorado e dissertação quando for concluído o mestrado.
  • Programa: programa de pós-graduação ao qual você pertence e defendeu seu trabalho. Use a seta para selecionar o nome do curso.
  • Nome do orientador: como co-responsável pelo trabalho, digite o nome do seu orientador e nomes/sobrenomes intermediários, se for o caso.

Siga as orientações dadas para o nome do autor. 

Atenção: assinale a caixa "orientadora", se for o caso, para que o programa faça a distinção da forma feminina ao designar essa função no corpo da ficha catalográfica.



Nome do coorientador: como co-responsável pelo trabalho, digite o nome do seu orientador e nomes/sobrenomes intermediários, se for o caso.
           
Siga as orientações dadas para o nome do autor. 

Atenção: assinale a caixa "coorientadora", se for o caso, para que o programa faça a distinção da forma feminina ao designar essa função no corpo da ficha catalográfica. 


Ano: registre o ano em que a tese ou dissertação foi defendida no programa de pós-graduação.

Número de folhas: registre o total de folhas da tese ou dissertação (sem contar a capa).

Assuntos: registre palavras ou expressões que representam o conteúdo de seu trabalho.


*Para o preenchimento dos campos referentes aos assuntos de seu trabalho, consultar o arquivo Palavras-chave, no link Downloads úteis, do blog da Biblioteca do IPPUR 2.0: http://bibliotecadoippurdaufrj.blogspot.com.br/p/downloads-uteis.html

OBSERVAÇÃO: As palavras-chave devem aparecer em ordem decrescente de importância. Evite termos redundantes ou repetitivos. É obrigatório registrar um assunto, os demais devem ser registrados em função da necessidade e amplitude de temas do conteúdo da tese ou dissertação.

**Ao clicar em Enviar o programa gera a ficha catalográfica, como um arquivo pdf, disponível para download e/ou impressão, conforme apresentado abaixo:




***Antes de imprimir a ficha catalográfica, o autor deverá enviá-la, bem como a versão final do trabalho para o e-mail ptecnico@ippur.ufrj.br. Após esta verificação, o autor se responsabilizará por acrescentá-la às páginas pré-textuais, conforme orientação encontrada no Guia Prático (página 6). Lembramos que a ficha deve ser impressa no verso da página de rosto da tese ou dissertação. 

**** Em caso de duvidas ou para outros esclarecimentos entre em contato com a biblioteca.


 REFERÊNCIA


UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO. Sistema de Biblioteca e Informação. Sistema para geração automática de ficha catalográfica para teses e dissertações da UFRJ. Rio de Janeiro: UFRJ, 2015. Disponível em:
<http://www.sibi.ufrj.br/info-ficha.htm>. Acesso em: 18 abr. 2016.